sexta-feira, 12 de maio de 2017

Pergunta de Leitora - Gata no Cio




Tenho 22 anos e ainda sou virgem. Fui muito ligada ao catecismo e suas proibições de ter sexo antes do casamento. Acontece que estou namorando e estou gostando muito dele. Saímos, ficamos juntos e até nos beijamos, mas nada além disso. Meu namorado está insistindo muito para que tenhamos relações e o maior problema é que eu também quero. Não sei como explicar, mas quero muito o corpo dele, me perder nesse sentimento, adoro o cheiro dele e isso tudo que estou sentindo é muito ruim porque me faz parecer uma pervertida, uma gata no cio. Quero ser uma boa pessoa, mas como posso ser se quero tanto o sexo com ele? Não quero ser uma transgressora. Não quero estragar meu relacionamento mostrando para meu namorado que não tenho valor e que sucumbo ao desejo. Me ajuda.
           
            É incrível como muitas pessoas não entendem nada da natureza humana e transformam coisas boas em verdadeiras sujeiras. Seu catecismo teve muito mais a ver com uma lavagem cerebral para você sair papagueando regras de conduta e certezas do que é certo ou errado. Enfim, é lamentável que em muitos círculos a natureza humana seja odiada. E outra coisa, qual o problema de uma gata no cio?
            De onde foi que você tirou a estapafúrdia ideia de que ter desejo sexual é errado? Provavelmente do catecismo e dos seus próprios preconceitos. Só que agindo assim você dá mostras de que você é uma pessoa presa e não livre. Está aprisionada porque não pode escolher o que é melhor para você. Quando nos agarramos desesperadamente às “certezas” impostas prestamos um enorme desserviço ao nosso desenvolvimento e bem estar. Quem elege determinadas ideias como certezas infalíveis coloca um grilhão em si mesmo e se imobiliza para pensar.
            Sexo faz parte da vida e não há como negá-lo. Com isso não estou dizendo, até porque não me cabe, que você deve ou não transar com seu namorado. Essa decisão é sua e só você pode arcar com ela e ninguém mais. Agora, o que estou dizendo é que você precisa mudar a visão que tem do sexo e do desejo sexual. Pois a visão que você possui hoje é preconceituosa, presa e pequena, para dizer o mínimo. Ninguém se torna pervertido por reconhecer em si desejos sexuais. Aliás, isso é humano. Pena que você ainda não aprendeu isso.
            A gente pode conduzir a vida ou sendo ovelha de rebanho, que na verdade é conduzida, ou pensando por si próprio. Ser donzela ou não aqui não é a questão. Tem muito mais a ver com você aprender a abandonar preconceitos e acolher com mais generosidade a natureza humana. Muitas gatas no cio tiveram sucesso em construir vidas maravilhosas e muitas donzelas tornaram-se rancorosas com a passagem do tempo. Portanto, não se trata de ser uma ou outra, mas de ser você mesma. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário