segunda-feira, 14 de março de 2016

Análise de Filme - Spotlight: Segredos Revelados


            Há momentos que devido aos inúmeros absurdos e atos de violência que testemunhamos mundo afora perdemos a esperança na humanidade. Não é mesmo fácil e confortável se deparar com tanta intolerância e injustiças que permeiam nossa vida diária, mas se olharmos bem vemos que há também histórias que mostram que algumas mudanças positivas e favoráveis vêm acontecendo e que ao invés de perdermos completamente as esperanças devemos renová-las sempre.
            O enredo do filme Spotlight: Segredos Revelados se baseia na história real de um jornal que investigou e foi fundo sobre a igreja católica acobertar os escândalos de sacerdotes flagrados abusando sexualmente crianças. Esse grupo de jornalistas teve que enfrentar várias resistências, inclusive dentro do próprio jornal em que trabalhava e dos membros da cidade em que vivia, para poder revelar esses fatos revoltantes. Abuso sexual de crianças é assunto sério e é uma obrigação dos adultos cuidarem disso com toda atenção que merece, jornalistas ou não.
            Há alguns anos atrás seria impensável a igreja católica ser colocada numa situação dessas. Indo mais ao passado ainda, lá pela Idade Média, a igreja tinha poder absoluto e era ela que “julgava” e condenava e nunca o contrário. Isso mudou e muitos atribuem isso ao fato da igreja ter perdido poder. No entanto não é bem assim e seria muito melhor colocado que são as pessoas que mudaram, que houve certa evolução, que permitiram as pessoas questionar o que antes era inquestionável. Em algum grau está havendo mudanças evolutivas na forma de se relacionar da sociedade. Esse é o ponto principal do filme.
            Ainda há muito que mudar e fazer, mas perceber que algumas coisas estão mudando para melhor é animador e um sopro de esperanças para a vida. Essas transformações vêm da mente interna de pessoas que não aceitam ficar numa posição de não pensar, porém buscam novos sentidos para fazer algo mais humano. Não é só a sociedade que causa mudanças na mente, mas também a mente que causa mudanças na sociedade e na maneira que vemos o mundo.
            O filme me faz pensar (ou sonhar) que se realmente investigássemos mais a fundo nossas mentes e começássemos a questionar como vivemos e nos relacionamos conosco e com o mundo, o planeta poderia ser outro, a sociedade poderia ser mais compassiva e as pessoas se aproximariam mais do que pode ser felicidade e respeito ao próximo. Mas para isso não podemos nem nos acomodar e nem perder as esperanças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário